Otoplastia

O QUE É

A otoplastia é a cirurgia plástica recomendada para aqueles que possuem orelhas proeminentes, definidas como orelhas que fogem do padrão de normalidade, pois ficam visivelmente em evidência e mostram uma desarmonia com o restante do rosto. As orelhas de abano não possuem as dobras internas e por isso, apresentam um único plano diferente das orelhas “normais” que apresentam curvatura e se dividem em duas cristas. A otoplastia pode ser realizada em crianças a partir dos seis anos, uma vez que a maioria das estruturas auriculares já está desenvolvida, enquanto nos bebês podem ser realizados curativos na orelha a fim de moldar a cartilagem corretamente.

 

PROCEDIMENTO CIRÚRGICO

Trata-se de uma cirurgia relativamente simples, realizada com anestesia local e sedação em jovens eadultos e anestesia geral em crianças. A alta hospitalar costuma ser no mesmo dia, contando com uma recuperação tranquila. Com duração aproximada de duas horas, o procedimento inicia-se com a realização de uma incisão atrás da orelha, próximas as dobras naturais a fim de resultar em uma cicatriz disfarçada. Através dessa incisão, a cartilagem é exposta, sendo possível remodelá-la e remover o excesso de pele. Finalmente, se necessário, a orelha é reposicionada de forma mais estreita e próxima à cabeça. A incisão é fechada com fios absorvíveis; dessa forma, não há a necessidade de retirada de pontos no pós-operatório.

 

ORIENTAÇÕES PÓS-OPERATÓRIO

Os cuidados necessários para a boa recuperação e cicatrização do procedimento serão prescritos pela Dra Letícia, no entanto, os fundamentais são: ouvidos cobertos por bandagens de proteção e apoio até o dia seguinte; evitar dormir de lado para não ocasionar pressão na região operada; evitar esfregar ou realizar esforço físico que coloque as orelhas em exposição e risco e, utilizar uma venda ou fita elástica sobre os ouvidos por no mínimo um mês.