Blefaroplastia

O QUE É

A blefaroplastia, conhecida popularmente como cirurgia das pálpebras, resume-se a retirada do excesso de pele e gordura palpebral, trazendo um olhar descansado, alerta, suave e jovem. Esta cirurgia pode ser realizada nas pálpebras superiores, inferiores ou em ambas, além da ressecção das bolsas palpebrais. Este procedimento existe devido à flacidez que acomete a região com o passar dos anos, sendo indicado também para os casos de ptose (queda da pálpebra por causas musculares), pseudoptose palpebral (queda da pálpebra em função do excesso de pele) e até mesmo xantelasma, a fim de retirar as pequenas manchas amareladas que se formam principalmente sob a pálpebra.

 

PROCEDIMENTO CIRÚRGICO

Esta cirurgia plástica visa reparar as estruturas palpebrais, que com o tempo vão ficando frouxas e com excesso de pele, formando bolsas de gordura que caem sob as pálpebras acarretando em rugas e flacidez. Para a realização deste procedimento que dura em média 1 hora a 2 horas, a anestesia utilizada é a local com sedação ou anestesia geral.

O procedimento conta com pequenas incisões que serão previamente marcadas pelo cirurgião de forma que a cicatriz fique praticamente imperceptível, pois estarão escondidas dentro das estruturas naturais da região das pálpebras. Essas incisões podem ser realizadas de três maneiras distintas, de acordo com a necessidade do paciente:

  • Incisão na prega da pálpebra superior;
  • Incisão abaixo da linha inferior do cílio;
  • Incisão transconjuntival ocultada dentro da pálpebra inferior.

Após, independente da técnica de incisão utilizada, o local é normalmente fechado com suturas removíveis ou absorvíveis (caem sozinhas).

ORIENTAÇÕES PÓS-OPERATÓRIO

Como qualquer cirurgia, o pós-operatório é importante e necessita de cuidados especiais. Embora as cicatrizes fiquem em lugares estratégicos: localizada exatamente na dobra da pálpebra superior (porção que fica escondida quando o olho está aberto) e bem embaixo dos cílios inferiores, no caso da pálpebra de baixo, é importante os cuidados locais com higienização através da limpeza com água e sabonete, e proteção solar com o uso de chapéu e óculos escuros. Além disso, pomadas oftamológicas deve ser utilizadas conforme a orientação médica.